Muitos de vocês já devem ter ouvido falar da Rinoplastia. Para quem não sabe, é o procedimento voltado à correção das desproporções do nariz, tornando-o mais harmonioso com o restante da face e assim aprimorando a estética facial.

A procura pela intervenção têm aumentado muito no último período, e por conta disso, o Dr. Ricardo Izola separou algumas das perguntas mais frequentes feitas sobre a Rinoplastia.

1- Deixa cicatrizes?
R- Sim. O procedimento deixa cicatrizes, tanto internas quanto externas. Mas devido à incisão minuciosa elas costumam ser imperceptíveis.

2- O paciente pode escolher a forma que do nariz?
R- Não é dessa forma que as coisas funcionam. A cirurgia tenta definir, melhorar e harmonizar a forma e diminuir os estigmas raciais e desproporcionalidades que venham a incomodar o paciente.

3- Em quanto tempo o paciente consegue notar os resultados?
R- Os resultados se estabelecem com 6 a 12 meses.

4- Quais cuidados o paciente deve ter após a cirurgia?
R- Os principais cuidados para um paciente que realiza a Rinoplastia são: Não tomar sol para não manchar a pele; Não bater o nariz; Realização de exercícios após 30 dias;

5- É verdade que o nariz sangra nos primeiros dias?
R- Pode ocorrer o sangramento sim, pois é uma região muito vascularizada. É normal de acontecer. Porém se for observado um sangramento constante e fora do comum, é importante informar ao seu cirurgião.

7- Para quem sobre de Coriza, a cirurgia pode aliviar o sintoma?
R- Não. O procedimento é feito para melhor a parte estética e corrigir algumas imperfeições que possam atrapalhar a respiração, por exemplo. Mas não mantém nenhum tipo de relação para pessoas que sofrem de renite, por exemplo.

8- Há contra indicações ou qualquer pessoa pode fazer?
E- Antes de realizar qualquer tipo de cirurgia, recorra ao seu médico. Isso varia de caso para caso. As contra indicações clinicas  para a realização da Rinoplastia são as de qualquer cirurgia. Mas pacientes que sofrem com queloide podemos evitar a cirurgia!